DICAS DE FILMES: 3 Clássicos que você deve assistir sobre o cinema expressionista alemão

Além de crítica, uma das propostas deste site é conversar e apresentar um pouco da teoria e linguagem do cinema. Isso se torna impossível sem nos voltar à história do cinema para falar de seus aspectos mais importantes e revolucionário. Hoje, para nossa dica de filmes, vamos falar um pouco do expressionismo alemão… afinal de contas, os gêneros do terror e da ficção científica não … Continuar lendo DICAS DE FILMES: 3 Clássicos que você deve assistir sobre o cinema expressionista alemão

CRÍTICA: Midsommar (2019), de Ari Aster (sem spoilers)

Novo filme de Ari Aster, diretor de Hereditário (2018), é um terror folclórico, desafiador à estética do horror tradicional de Hollywood. Um dos problemas impossíveis de se desvencilhar para todo cineasta estreante que obteve grande sucesso com seu filme de estreia é a expectativa que se cria em volta de seu próximo projeto. Após a aprovação de grande parte da crítica e de boa parte … Continuar lendo CRÍTICA: Midsommar (2019), de Ari Aster (sem spoilers)

DICAS – Os filmes que inspiram Ari Aster, diretor de Hereditário (2018) e de Midsommar (2019)

Ari Aster é um talento em que todos esperam um excelente trabalho. Depois de Hereditário (2018), sua mais nova obra Midsommar chega aos cinemas neste mês de setembro. Em breve, chega aos cinemas um dos mais esperados filmes de horror do ano de 2019. Trata-se de Midsommar. Um filme muito elogiado pela crítica e de estética violenta, desafiadora e perturbadora. O jovem Ari Aster, de … Continuar lendo DICAS – Os filmes que inspiram Ari Aster, diretor de Hereditário (2018) e de Midsommar (2019)

CRÍTICA: Pacarrete (2019), de Allan Deberton

A delicada direção de Allan Deberton e a avassaladora interpretação de Marcélia Cartaxo criam uma personagem icônica de uma história fabulosa. Ao termino da sessão de Pacarrete, eu estava mergulhado não apenas em lágrimas e encanto, mas também em uma memória que talvez muitos dos brasileiros – ou talvez muitos nordestinos – se identifiquem. Falo de uma memória infantil, em uma cidadezinha no interior do … Continuar lendo CRÍTICA: Pacarrete (2019), de Allan Deberton

CLÁSSICOS: O Martírio de Joana D’Arc (1928), Carl Theodore Dreyer

Clássico filme de C.T. Dreyer pode ser lido, hoje, como uma alegoria de nosso tempo. É um filme de 91 anos que envelheceu cheio de discursos atuais. O ano de 1928 nos deu grandes clássicos do cinema estudados e relidos por muitos até hoje. Uma das obrigações que todo pretendente a cinéfilo deve assistir é O Martírio de Joana D’Arc. Esta obra grandiosa é considerada, … Continuar lendo CLÁSSICOS: O Martírio de Joana D’Arc (1928), Carl Theodore Dreyer

CRÍTICA: Parasite (2019), de Bong Joon Ho

Filme Coreano laureado em Cannes 2019 com a Palma de Ouro é instigante, fluido e necessário para a atualidade. A sensação que tive ao termino da projeção de Parasite, novo filme de Bong Joon Ho – vencedor da Palma de Ouro, do Festival de Cannes 2019 -, foi de uma flecha que ao atravessar várias superfícies chegou em minha alma… e a feriu. Falo isso … Continuar lendo CRÍTICA: Parasite (2019), de Bong Joon Ho

DICA DE FILME: Corpo Delito (2017), de Pedro Rocha

Documentário de Pedro Rocha é essencial para o Brasil atual e se faz como resistência ao discurso de ódio que impera no país. A atualidade de extrema violência e discurso de ódio no Brasil é o devir ideal para filmes como Corpo Delito, de Pedro Rocha. Não por ele ser um filme que surfa nessa temática, mas pelo seu absoluto oposto. O documentário acompanha a … Continuar lendo DICA DE FILME: Corpo Delito (2017), de Pedro Rocha

Crítica: Bacurau (2019), de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles

Antes de mais nada… AQUI CONTEM SPOILERS! FUJA DESSE TEXTO… FUJA MESMO. SÓ LEIA DEPOIS QUE ASSISTIR… mas se você não se importa, sinta-se bem vind@. Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles entregam uma obra marcante e catartica do cinema brasileiro Quando deixei a sessão de Bacurau, estava com as mãos vermelhas e quentes de tanto aplaudir e sem saber o que sentir sobre o … Continuar lendo Crítica: Bacurau (2019), de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles

Crítica: Era uma vez… em Hollywood (2019), Quentin Tarantino

Tarantino brilha em seu mais novo filme e o cinema salva a realidade de si mesma. Em uma época em que os heróis são personagens com alto grau de moralismo, pouca complexidade e uma breve variação quanto a seu encaixe na realidade pouco mimética de suas próprias histórias, os heróis de Tarantino são de outras estirpes. Na verdade, nem podemos chama-los de heróis. Talvez anti-heróis … Continuar lendo Crítica: Era uma vez… em Hollywood (2019), Quentin Tarantino

Crítica: Tolkien (2019), de Dome Karukoski

Um Filme pobre para um rico campo de exploração sobre a vida de o criador de O Senhor dos Aneis Fazer um filme sobre a vida de um intelectual nunca foi muito fácil. Muitas vezes pela quantidade de fases que a vida do personagem é constituída, ou mesmo pela complexidade dos problemas por eles enfrentados. Para uma história a ser contada, esses elementos, na verdade, … Continuar lendo Crítica: Tolkien (2019), de Dome Karukoski