CRÍTICA: O Irlandês (2019), de Martin Scorsese

Scorsese volta com uma obra-prima, acompanhado de lendas do cinema com uma grande história cinematográfica Ao longo dos seus 60 anos de carreira, Martin Scorsese se constituiu como um dos mestres na arte do cinema, mas também, um gigantesco arquivo do audiovisual. O diretor que, maldosamente, é identificado por seus filmes de máfia configura obras que vão muito além da insalubre identificação por gênero. Em … Continuar lendo CRÍTICA: O Irlandês (2019), de Martin Scorsese

CRÍTICA: Doutor Sono (2019), de Mike Flanagan

Obra de Mike Flanagan parece ter conseguido unir os espiritos da obra cult de Kubrick com a de King. Um filme surpreedentemente bom, fazendo valer cada minuto no cinema. Um dos maiores riscos na produção cinematográfica de hoje em dia é mexer com clássicos e buscar realizar uma continuação, homenagem ou releitura. Isso fica mais derrapante quando isso envolve um outro elemento, que é a … Continuar lendo CRÍTICA: Doutor Sono (2019), de Mike Flanagan

CRÍTICA – Eli (2019), de Ciarán Foy

Terror da Netflix peca na narrativa, mas cria bom clima de tensão como os contos de casa mal assombrada. Como de praxe e a cada ano com mais força, a Netflix vem investindo em lançamentos originais do gênero de terror no mês de outubro para comemorar o Halloween. Projeto, chamado de Netflix & Chills, lança semanalmente filmes e séries do gênero para entreter os amantes … Continuar lendo CRÍTICA – Eli (2019), de Ciarán Foy

CRÍTICA: Ad Astra (2019), de James Grey

Filme de James Grey, produzido pelo brasileiro Rodrigo Teixeira e estrelado por Brad Pitt vem acumulando elogios por onde passa e apresenta reflexão filosófica importante. Olhar para o céu a noite estrelada é algo que incita a imaginação. Não é de hoje, mas de tempos o céu é um mistério que nos envolve. De alguma forma, essa atmosfera azul ou negra iluminada pelos astros é … Continuar lendo CRÍTICA: Ad Astra (2019), de James Grey